domingo, 2 de junho de 2013

Cores, linhas, formas e nada mais na arte da abstração

A principal característica da pintura abstrata é a ausência de relação imediata entre suas formas e cores. Uma tela abstrata não representa nada da realidade que nos cerca, nem narra figurativamente alguma cena histórica, literária, religiosa ou mitológica.

Foi um artista russo, professor da Bauhaus e introdutor da abstração no campo das artes visuais.  Já na década de 1911  desenvolve seus primeiros estudos não figurativos, fazendo com que seja considerado o primeiro pintor ocidental a produzir uma tela abstrata. 

O Suprematismo  é uma escola russa concebida no interior da arte abstrata pelo artista plástico Kazimir Malevich. Ele se baseia em figuras geométricas primordiais, o quadrado e o círculo.



Piet Mondrian foi um pintor holandês que levou a arte abstrata  às últimas conseqüências. Através de uma simplificação, tanto na composição como no colorido, tentava expor os princípios que estão por baixo da aparência. Suas primeiras obras, até 1907, eram paisagens serenas, pintadas em tons cinza e verdes escuros.  Pouco a pouco, foi se afastando do seminaturalismo para dedicar-se totalmete à abstração e, finalmente, chegar a um estilo no qual se limitou a pintar com traços finos horizontais e verticais.



Iberê Camargo, um dos maiores artistas brasileiros,

 sempre exerceu forte liderança no meio artístico e 

intelectual. Sua obra é composta de pinturas, gravuras,


 guaches e desenhos, e ficou conhecida por três





Ivan Serpa
No início da década de 1950, seu trabalho já se identifica com a abstração geométrica, No início dos anos 1960 realiza algumas experiências no campo da figuração, entre as quais a chamada "fase negra", de tendência expressionista. A partir de 1965 retorna ao abstracionismo geométrico, introduzindo elementos mais ligados à sensualidade das formas.




Manabu Mabe O abstracionismo lírico de Mabe é a marca constante de seu trabalho. A mescla de inspirações entre o Oriente e o
Ocidente é visível em suas composições.














Hélio Oiticica foi um artista de vanguarda, polêmico e revolucionário que criou os famosos Parangolés,estudou pintura e desenho . Participou do Grupo Frente e nos anos 50 fundou o movimento Neoconcretista,  onde defendeu que a arte não era um mero objeto, ia além do geometrismo puro. Criou ao longo de sua carreira trabalhos bidimensionais, relevos espaciais, bólides, capas, estandartes, tendas e penetráveis.










Valdemar Cordeiro seu é  marcado pelo uso de figuras geométricas e pela elaboração baseada no raciocínio.geométricas e pela elaboração baseada no raciocínio. .Na década de 1960, abandonou o Concreto e, influenciado pela Pop Arte americana, vista por ele na Bienal de Veneza, criou obras com objetos do cotidiano e sucata a Popcreto. Introduziu no Brasil o uso do computador em artes visuais.
                                                                         




Escultor, pintor e arquiteto italiano.Bernini é o grande gênio do barroco italiano, seu pai, que o colocou em contato com alguns dos mais importantes mecenas de sua época, que lhe permitiu expressar o seu talento em um razoavelmente cedo.
Em 1629, Bernini foi nomeado arquitecto da basílica de São Pedro pelo Papa Urbano VIII.















Peter Paul Rubens suas figuras pintadas possuíam uma extrema sensualidade e os corpos de nus femininos, com mulheres rosadas, rechonchudas, sensuais. Mesmo nas pinturas de inspiração bíblica ou clássicas, via-se a beleza dos corpos nus das mulheres.










Rembrandt é lembrado principalmente pela maneira como usava luz e sombras para chamar a atenção para eventos e pessoas em seus quadros.


Diego Velázquez

Era um artista individualista do período barroco, importante como um retratista . Além de inúmeras interpretações de cenas de significado histórico e cultural, pintou inúmeros retratos da família real espanhola, outras notáveis figuras europeias e plebeus, culminando na produção de sua obra-prima, Las Meninas